X Jornada CELPCYRO

img banner

Informe CELPCYRO

Cadastre-se e receba nosso INFORME
Nome
E-mail*
Área de Atuação

Redes Sociais

  • Twitter
  • Windows Live
  • Facebook
  • MySpace
  • deli.cio.us
  • Digg
  • Yahoo! Bookmarks



 

XV Jornada CELPCYRO

 

Para: Você

Assunto: Agradecimento pela sua participação na XV Jornada CELPCYRO sobre Saúde Mental

Data :Qui. 28 e 29 de junho de 2019

Prezado Participante:

Venho manifestar o meu agradecimento pela sua participação em nosso evento científico. Tivemos a oportunidade de proporcionar conhecimento atualizado, com temas atuais e palestrantes qualificados. Ao mesmo tempo, uma interação de colegas de todo o Brasil, o que muito enriqueceu a nossa Jornada. Esperamos contar com a sua presença em nossa próxima Jornada. Atenciosamente, Dr. Cláudio Meneghello Martins Presidente da XV Jornada CELPCYRO sobre saúde mental Tecnologia Inteligência WebXV Jornada CELPCYRO sobre Saúde Mental 

Atenciosamente, Dr. Cláudio Meneghello Martins Presidente da XV Jornada CELPCYRO sobre Saúde Mental.


---------------------------


XV Jornada CELPCYRO sobre Saúde Mental

IV Simpósio CCYM

II Simpósio Internacional ABP/APAL


 alt 
   

“Saúde Mental no Mundo em que vivemos” é o tema escolhido para o nosso evento deste ano, que reunirá “experts” e palestrantes renomados para um fórum de intercâmbio de conhecimentos científicos, centrado na Depressão e na Ansiedade, transtornos mentais prevalentes em nossos dias.

É crescente o número de pessoas diagnosticadas com transtornos mentais como depressão, ansiedade, bipolaridade e o transtorno de déficit de atenção com hiperatividade (TDAH). Somam-se mais de 400 milhões de pessoas afetadas por essas e outras condições ao redor do mundo.

A depressão, por exemplo, é a maior causa de incapacitação no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com a mesma fonte, o número de pessoas atingidas por essa condição aumentou em 20% em dez anos, o que significa um sinal de alerta gravíssimo.

O Brasil tem a maior prevalência mundial de Transtornos de Ansiedade. São 18,6 milhões de pessoas sofrendo com o problema, ou seja, 9,3% da população do país.

Qualquer pessoa está sujeita a padecer de Transtornos Mentais, independentemente de sexo, orientação sexual, raça, idade, aparência, situação ou condição social. Isso desmistifica o estigma de serem “loucos".